OBSERVAÇÕES IMPORTANTES

CAROS AMIGOS VISITANTES, DEVIDO AO GRANDE NUMERO DE POSTAGENS DE TEXTOS QUE SE VAI FAZENDO, CASO QUEIRAM VISUALIZAR AS POSTAGENS MAIS ANTIGAS, DEVEM SE DIRECIONAR AO FINAL DESTA PÁGINA E CLICAR EM " POSTAGENS MAIS ANTIGAS". OU IR NO LADO DIREITO DO BLOG, VER ARQUIVO DE POSTAGENS MÊS A MÊS DO ANO E CLICAR NO TÍTULO POSTADO E ASSIM PODE-SE VER DIRETAMENTE - DESDE A PRIMEIRA POSTAGEM OU AS QUE EM SEQUENCIA FORAM POSTADAS - EX. OUTUBRO 2010, " AMORES OS MELHORES POSSIVEIS " ( A 1ª ) CLICA EM CIMA E VAI DIRETAMENTE A ELA. AGRADEÇO A QUEM QUEIRA SER "SEGUIDOR" DESTE BLOG E DE MIM E ADMIRAREI QUEM FIZER UM COMENTÁRIO QUE SERÁ SEMPRE DE BOM GRADO. GRATO A QUEM O FIZER, RAZÃO MAIOR DESSE ESPAÇO POÉTICO E REFLEXIVO.

OBS. AUTORAL: QUE NÃO SE ESQUEÇA QUE HÁ UMA LEI DE DIREITOS AUTORAIS. CASO QUEIRAM REPRODUZIR, GUARDAR E OFERTAR A ALGUÉM ALGO QUE ESCREVI, ESTEJAM A VONTADE, PORÉM PEÇO DAR O CRÉDITO DE AUTORIA A MIM. NADA MAIS JUSTO, EVITANDO PENDENGAS JUDICIAIS. NÃO ESTOU DESCONFIANDO GENERALIZADO DAS PESSOAS, MAS SABEMOS QUE HÁ QUEM UTILIZA ATÉ INDEVIDAMENTE O QUE NÃO É SEU, SEM DAR O DEVIDO CRÉDITO CONCORDAM?

O conteúdo é de direito reservado. Sua reprodução pode ser permitida, desde que seja dado crédito ao autor original: Sergio Matos de Souza - link do site: www.sergiomsrj.blogspot.com.br

É expressamente proibido o uso comercial e qualquer alteração, sem prévia autorização.
Plágio é crime previsto no artigo 184 do Código Penal.
- Lei n° 9.610-98 sobre os Direitos Autorais
.


UM ABRAÇO AFETUOSO DO TAMANHO DO MUNDO PARA TODOS!































11 de agosto de 2012

QUANDO A VIDA É CIGANA



HÁ UMA



QUANDO A VIDA É CIGANA


Às vezes a vida é cigana
e nisso até te engana, te engana.
Quando te leva por rumos, por vezes,
                                            tão obscuros.
Quando te leva por trilhas e trilhos
                        nunca dantes percorridos.
Que será que as cartas do baralho - buena dicha –
e as linhas das mãos, um dia vão poder profetizar?...

E se tua vida é cigana,
sem pouso, sem ponto final,
não descarregue em lágrimas
que encha uma “tina de lata”,
que isto um tanto te mata, te mata,
dilacerando aos poucos,
feito corrosão na estátua,
         mar contra o rochedo...

E se tua vida é cigana errante,
seja sua própria bússola,
       sua régua que traça a direção.
Encontrando quem sabe
                               sua sina,
                               seu lar
                               seu canto,
                               sua estação final...

Mas se tua vida é cigana,
sem pouso, sem ponto final...
não descarregue em lágrimas
que encha uma “tina de lata”
que isto um tanto te mata, te mata,
dilacerando aos poucos:
feito corrosão na estátua,
         mar contra o rochedo...

E NUVEM CIGANA

 - COM LÔ BORGES...

video



Nenhum comentário:

Postar um comentário