OBSERVAÇÕES IMPORTANTES

CAROS AMIGOS VISITANTES, DEVIDO AO GRANDE NUMERO DE POSTAGENS DE TEXTOS QUE SE VAI FAZENDO, CASO QUEIRAM VISUALIZAR AS POSTAGENS MAIS ANTIGAS, DEVEM SE DIRECIONAR AO FINAL DESTA PÁGINA E CLICAR EM " POSTAGENS MAIS ANTIGAS". OU IR NO LADO DIREITO DO BLOG, VER ARQUIVO DE POSTAGENS MÊS A MÊS DO ANO E CLICAR NO TÍTULO POSTADO E ASSIM PODE-SE VER DIRETAMENTE - DESDE A PRIMEIRA POSTAGEM OU AS QUE EM SEQUENCIA FORAM POSTADAS - EX. OUTUBRO 2010, " AMORES OS MELHORES POSSIVEIS " ( A 1ª ) CLICA EM CIMA E VAI DIRETAMENTE A ELA. AGRADEÇO A QUEM QUEIRA SER "SEGUIDOR" DESTE BLOG E DE MIM E ADMIRAREI QUEM FIZER UM COMENTÁRIO QUE SERÁ SEMPRE DE BOM GRADO. GRATO A QUEM O FIZER, RAZÃO MAIOR DESSE ESPAÇO POÉTICO E REFLEXIVO.

OBS. AUTORAL: QUE NÃO SE ESQUEÇA QUE HÁ UMA LEI DE DIREITOS AUTORAIS. CASO QUEIRAM REPRODUZIR, GUARDAR E OFERTAR A ALGUÉM ALGO QUE ESCREVI, ESTEJAM A VONTADE, PORÉM PEÇO DAR O CRÉDITO DE AUTORIA A MIM. NADA MAIS JUSTO, EVITANDO PENDENGAS JUDICIAIS. NÃO ESTOU DESCONFIANDO GENERALIZADO DAS PESSOAS, MAS SABEMOS QUE HÁ QUEM UTILIZA ATÉ INDEVIDAMENTE O QUE NÃO É SEU, SEM DAR O DEVIDO CRÉDITO CONCORDAM?

O conteúdo é de direito reservado. Sua reprodução pode ser permitida, desde que seja dado crédito ao autor original: Sergio Matos de Souza - link do site: www.sergiomsrj.blogspot.com.br

É expressamente proibido o uso comercial e qualquer alteração, sem prévia autorização.
Plágio é crime previsto no artigo 184 do Código Penal.
- Lei n° 9.610-98 sobre os Direitos Autorais
.


UM ABRAÇO AFETUOSO DO TAMANHO DO MUNDO PARA TODOS!































8 de dezembro de 2016

O VALOR INESTIMÁVEL INTRÍNSECO DA VIDA HUMANA - VENDO OS FILMES "PERDIDO EM MARTE" E "OS 33"


Antes de mais nada, quero alertar duas coisas: não é resenha dos filmes “Perdido em Marte”, nem “Os 33” – apenas uma ilação entre ambos apesar do primeiro ser uma ficção e científica fantasiosa e o segundo baseado em fatos reais com fundo sócio econômico, no que tange ao seu final que vi uma ligação temática cada qual a seu modo. Sendo sobre sua parte final e the end, como dizem por aí pode parecer spoiler, ou seja, estragar a surpresa pra quem ainda vai ver o filme – se não  para quem está lendo essas traçadas linhas, siga adiante.

A ficha técnica com direção, produção e atores segue adiante, mas o que estarei fazendo não é uma análise nem levantamento das produções cinematográficas. Muito pelo contrário e sim feito as fábulas, perceber uma moral ao final delas que é básica dos dois filmes aparentemente tão distintos... E qual seria¿ Vejamos. A trama desemboca em que há vidas a serem salvas, custo o que custar. Nos dois filmes há questionamentos operacionais de custos e beneficios; Prevaleceram da vida humana.





No filme estrelado por Matt Damon, “Perdido em marte” seu personagem é dado como morto por conta de uma tempestade marciana. Tempos depois descobrem estar vivo. O filme mostra a sua luta pela sobrevivência num ambiente hostil, apesar da tecnologia que o ajudou nisso. Só que é questão de tempo: irá perecer, morrer se ficar lá. E apesar do custo disso, foi exigido por toda opinião pública, pelos colegas astronautas, pela família, por todos. E a comemoração final foi exultante, a gente entra no clima e vibra junto com seu resgaste.







FICHA TÉCNICA 

Gênero: Ficção Científica
Direção: Ridley Scott
Roteiro: Drew Goddard
Elenco: Aksel Hennie, Brian Caspe, Chen Shu, Chiwetel Ejiofor, Donald Glover, Eddy Ko, Enzo Cilenti, Geoffrey Thomas, Greg De Cuir, Gruffudd Glyn, Jeff Daniels, Jessica Chastain, Jonathan Aris, Kate Mara, Kristen Wiig, Lili Bordán, Mackenzie Davis, Mark O'Neal, Matt Damon, Matt Devere, Michael Peña, Mike Kelly, Naomi Scott, Narantsogt Tsogtsaikhan, Nick Mohammed, Peter Linka, Sean Bean, Sebastian Stan, Szonja Oroszlán, Yang 

TRAILER "PERDIDO EM MARTE"


Imagina então de um filme baseado em fatos reais, estrelado por Antonio Banderas, mostra o resgaste de pobres operários de carvão chilenos. Não tinham o prestigio do astronauta, mas a interferencia do personagem do governo feito por Rodrigo Santoro e a luta da irmã de um deles e das famílias envolvidas, o clamor fez com que se tentasse inumeras vezes até os resgatar, os “33” que dá titulo a obra. A festa e alivio no final é de todos nós que tem humanidade. Como não se envolver emocionalmente na torcida¿ A dignidade pela vida humana sobressaiu aos interesses de gabinete.







FICHA TÉCNICA 

Gênero: Drama
Direção: Patricia Riggen
Roteiro: Craig Borten, Jose Rivera, Michael Thomas, Mikko Alanne
Elenco: Adriana Barraza, Antonio Banderas, Bob Gunton, Cote de Pablo, Gabriel Byrne, Jacob Vargas, James Brolin, Jorge Diaz, Juliette Binoche, Kate del Castillo, Lou Diamond Phillips, Mario Casas, Naomi Scott, Oscar Nuñez, Rodrigo Santoro
Produção: Edward McGurn, Mike Medavoy, Robert Katz
Fotografia: Checco Varese


TRAILER COM "OS 33"


Que pode se notar na vida cotidiana: quando vibramos com resgates de bombeiros, policiais, gente comum,  quem quer que seja para sobrevivência humana e de seres humanos.

 Como foi agora recente o resgate da delegação da Chapecoense e outros no desastre aéreo na Colômbia do post anterior. Lamentamos os mortos, mas vibramos pelos sobreviventes.

O que chamaria de valor intrinseco inestimável da vida humana... Verdadeira e absolutamente incalculável e imprescindível!















6 de dezembro de 2016

À CHAPE UMA LOUVAÇÃO EM MEIO A TRAGÉDIA - E PELO SÉTIMO DIA DE JOGADORES, DIRIGENTES, EQUIPE DE BORDO E PROFISSIONAIS ESPORTIVOS




Há algum tempo atrás, pela primeira vez a Chapecoense  um time até então pequeno do interior de Santa Catarina da cidade de Chapecó no oeste catarinense chamou atenção por ter aplicado uma goleada se não me engano por 6 a 0 no então importante no cenário nacional o Internacional de Porto Alegre. Brincamos eu e filhão que aplicou uma "chapecada" ou uma "chapecoada". Ainda golearam Fluminense, Palmeiras depois... 

Depois, quando o Vasco da Gama novamente foi rebaixado para segunda divisão, ficou-se de brincadeira que só os times grandes que geralmente não caem como sempre, que era um grupo seleto de Flamengo, o próprio Internacional, o Santos, o Cruzeiro, o São Paulo... e a Chapecoense! Sim, ela uma agremiação que só tem 43 anos, fundada em 1973, nunca foi rebaixada nos campeonatos regionais, vindo em ascensão, foi da quarta, pra terceira, dai pra segunda e em 2014 pra primeira...

E desde então tem feito partidas boas na sua arena Condá como chamam seu estádio em homenagem ao índio importante na história da cidade e vinha de participações honrosas np campeonato nacional. E neste ano de 2016 mais uma vez foi campeão em Santa Catarina. Daí em diante criamos uma certa simpatia pelo clube auriverde pela sua cor de camisa. Pela primeira vez o termo Chape pra se referir ao time se fez nacionalmente.



 Recente ouvia programa esportivo na rádio globo FM que o goleiro Danilo fez defesa no fim de jogo contra o San Lorenzo da Argentina e vibração geral, indo pra final da Copa Sulamericana.  Ainda que título menos imporrante que da Libertadores da America, pra estrutura do clube, cidade e time, foi meio como um David em meio aos Golias tradicionais. 

A maioria gostou da notícia, ficamos na torcida pelo primeiro título internacional da Chape. Com que alegria soubemos de sua ida pra disputar a finalíssima com o Atlético Nacional de Medelin na Colômbia, embarcaram de segunda pra terça a noite.




Eis que na madrugada de terça feira passada no Brasil, ao abrir o facebook, a mesma pessoa que postou que o ator Domingos Montagner havia sumirdo no rio São Francisco, trazendo comoção na sua busca e no final sua morte, agora falava de algo ainda mais tenebroso, o time inteiro pereceu em aeronave boliviana de fabricação inglesa. Pensavamos ter sido fatalidade e descobrimos negligência da falta da gasolina que foi no limite da viagem. Não importa agora achar culpados, mas a chorar os mortos.




E o pior, que além dos jogadores que foram para o sonho da final, ainda tinam profissionais esportivos, alguns conhecidos nosssos e dirigentes e comisssão técnica do clube.. Dificil descrever o choque que foi, depois que fomos saber que houveram seis sobreviventes, três jogadores, um jornalista de Chapecó, e do avião da Lamia , dois do grupo tripulantes do aeronave, não o piloto de aviação  que causou tudo isso. 

Uma cidade entrou de luto, logo depois o país e quem diria o mundo.  E por incrivel que pareça o time supostamente rival da Colômbia Atlético Nacional de Medelin fez homenagem incrível no estádio onde haveria a semifinal. No Brasil também acontecia na arena Condá reverenciando seus guerreiros da bola. O futebol foi além das quatros linhas. 




Neste sábado passado o momento de dor extrema, dos caixões chegando. Chovia torrencialmente em Chapecó. É como fossem gotas de lágrimas do céu reverenciando as vítimas de um desastre aéreo tão lamentado.

Vi  a narração sentida de Galvão  Bueno na rede Globo com voz embargada anuncianndo a chegada dos aviões Hércules da FAB, com os corpos dos jogadores, dirigentes e jornalistas sábado passado.


 Duro muito duro essa volta desse jeito tudo para economizarem combustível da aeronave fatídica. Só nos resta uma prece aos que se foram, desejar luz aos familiares das vítimas e torcer que a Chape se reerga.




 Recente foi declarada a Chape campeão sul americana, ela está na Libertadores também. Fica aqui portanto uma louvor a ela: dá-lhe dá-lhe Chape campeã!



 E todo sentimento do mundo aos familiares ceifados de seus entes queridos seja da equipe da Chape, seja entre comissão técnica, dirigentes, jornalistas esportivos e a equipe de bordo tripulantes do avião, até mesmo do fatídico piloto.



Vida que segue aos que aqui ficaram e todos guardarão eles com carinho na memória e ficamos na torcida pela recuperação aos que sobreviveram. Entre mortos e feridos, a nossa gratidão e reverência, aos que se foram vão na luz aos que fiquem na paz. 

A Chapecoense até agora subiu tanto que acabou no céu!  


a

ALGUNS  VÍDEOS COM A CHAPECOENSE 









22 de setembro de 2016

DOMINGOS MONTAGNER - UMA REVERÊNCIA, UMA REFLEXÃO - IN MEMORIUM PELO 7º DIA DE SUA PASSAGEM


RIP - DESCANSE EM PAZ!
PELO 7º DIA DE PASSAMENTO IN MEMORIUM

Parece que foi ontem, mais é o sétimo dia da comoção nacional, quando veio a notícia que saindo pra um mergulho no Rio São Francisco, o ator em evidência desapareceu ao afundar no rio, apesar das tentativas de sua parceira em novelas Camila Pitanga de "Velho Chico" tentar o resgatar em vão. Foram momentos de tensão nacional...


As buscas foram incessantes, até que o corpo foi encontrado. Como sempre digo a vida é um ciclo e uma chama que se apaga. Aqui foi afogada de forma inesperada e lamentável. Deixo aqui o registro de meu sentimento de pesar, eu que acompanhei bastante ele em "Velho Chico", digo sem pestanejar. Assim venho fazer pequena referência do que vi ou sabia dele e depois reflexão do acontecido de perecer com sua vida.

UMA REVERÊNCIA ARTÍSTICA

Já bem recente soube que era dono de circo e se fez de palhaço, depois de começar como equilibrista. Tinha pois multi facetas já que só sabíamos como ator até então. Afinal ele pareceu tardiamente na TV, ele que era mais de teatro após de sua fase apenas em circo.



Explodiu de popularidade como o cangaceiro de "Cordel Encantado" que pouco vi, mas era interessante sua encarnação  no cangaço dessa fábula noveleira do horários das 6.


Logo estava em duas séries, uma que confesso não vi, Divã...


A outra numa série feito farsa bem real em que sendo vice presidente, acaba alçado a Presidente do Brasil. Algo bem usual no Brasil como se percebe. "O brado Retumbante". Esse vi até o fim. E gostei da sua atuação.


Como não sou chegado as últimas novelas de Glória Peres, não acompanhei direito "Salve Jorge", fazendo um guia turco que se envolve com a personagem de Cleo Pires. Apesar secundário na trama, ele foi chamando de vez a atenção do grande público.



Até vir a explosão como protagonista de "Velho Chico", como o Santos dos Anjos, o apaixonado desde moço por Maria Tereza, interpretada por Camila Pitanga, apesar do pai dela, o coronel Saruê Afrânio interpretado por Antonio Fagundes, se opor veementemente - um romance ao redor da ficticia Grotas do São Francisco, virou galã tardio das telespectadoras admiradoras dele com seu personagem ao mesmo tempo másculo e idealista....




Há pouco soube de tantas participações cinematográficas; mostrando que não se prende a poucos canais de comunicação artística. Espero poder ver alguns desses filmes, que tenho certeza deve ter sido correta sua participação. Não se fazia de estrela, não queria sobressair nunca, talvez por isso angariou tanta simpatia como pessoa, querido em meio aos seus companheiros de gravação e fora como foi como artista em atuação.







UMA REFLEXÃO DO ACONTECIDO

Há uma canção de Xangai e Elomar que em trecho diz, "Quem está vivo corre perigo". E no caso do Domingos Montagner se a arte imita a vida nem sempre a vida imita a arte. Na novela havia o autor pra salvar seu personagem Santo da tocaia e seu sumiço no Rio São Francisco, o "Velho Chico" por índios. 

Aqui dependeria do imponderável do afogamento em meio a correnteza inesperada. Ou seja o perigo citado no início. Todos vamos ao além porém quando é precipitado e no auge da carreira como era de ator dele choca mais. 

E sendo boa pessoa pai família e ídolo televisivo mais ainda. Haveremos de absorver a tristeza e comoção se é vida que segue. E permanece na memória de quem foi admirador, fã, amigo, companheiro de família, esse perigo ele não corre: de ser esquecido varrido da história. ]

Vai na luz artista emérito!

UM PORÉM A SER REALÇADO: As pessoas amigas evangélicas podem nem gostar o que escreverei, porém entenda que os respeito e até já estive em igreja Metodista como Lourdes Souza amiga evangélica pode constatar e acho sim a crença em Deus importante no vazio existencial ou na fé na vida. 

Porém discordo como encaram Ele diante a morte. O caso do afogamento de Domingos Montagner é exemplar, achar que foi "punido" e sempre tem a mão de Deus se morrer. Vejamos. Como sabemos temos livre arbítrio e somando as circunstâncias, que muitas vezes parecemos na vida.

O ator escolheu mergulhar em lugar só aparente calmo, não teve a precaução quando diante as águas que achamos seguras, eu mesmo quase me afoguei na Barra da Tijuca por conta disso uma vez. Detesto quando há um soterramento de casas e pessoas se dizer que foi "vontade de Deus" com gente de bem. Foi sim viver debaixo de área de risco. 

Quanto a tal "punição" por ser ímpio e crer suposto no errado, digam por que o filho de certa pastora morreu apesar de ser crente e ela ter convocado corrente de orações? A verdade é que quem está vivo está no limiar de estar morto. Por doença, acidente, assassinato., etc.

E não é destino já traçado, é destino que se traça. Simples assim. O ator era gente boa, pai de família, admirado como artista, já até fez rir as crianças como palhaço de circo. Foi fatalidade que todos estamos sujeitos a passar...




FICHA PESSOAL DELE COMO CONSTA NA WIHIKIPÉDIA::

Domingos Montagner Filho foi um ator, teatrólogo e empresário brasileiro. Ficou nacionalmente conhecido ao participar da novela Cordel Encantado, pela qual ganhou diversos prêmios como ator revelação. 
Nascimento: 26 de fevereiro de 1962, São Paulo, São Paulo
Falecimento: 15 de setembro de 2016, Canindé de São Francisco, Sergipe
Altura: 1,86 m
Cônjuge: Luciana Lima (de 2001 a 2016)
Filhos: Antonio Montagner, Dante Montagner, Leo Montagner
Irmão: Francisco Montagner Neto

Em poemas sobre e com ele,
 a poesia perpassa em vídeos....










E a canção de Bethânea para o Santo de Domingos e Maria Tereza de Camila Pitanga...




19 de setembro de 2016

LIMITES E LIMITAÇÕES ( OS NÓS DE TODOS NÓS )





LIMITES E LIMITAÇÕES  ( OS NÓS DE TODOS NÓS )

“ Podemos até ter limites do que somos capazes,
Mas jamais devemos ser incapazes limitados” 
                   
            Não sendo ignaros,
nem idiotizados.

Não sendo insanos,
          nem insensatos.

Que já vêm as cobranças:
por que não se desenvolve,
       por fim se desequilibra?

Não se compreende:
a limitação de nossa intelectualidade,
o limite perdido na   intempestividade.

A ação da inteligência que volteia,
age e se desnorteia no que vem e é restrito.

A reação impulsiva em cadeia,
reage e se desencadeia no que tem e é atrito.

Os limites de nós – pessoas.
Os limites dos nós pessoais.

(i)limitados:
são os nós de todos nós!  
 “ Romper limites e limitações, em superações: Podemos nos deparar com senso de limites e limitações,  mas não deveríamos estagnar  ao meio, e se fazer limitado...”


N.R. Os atletas paralímpicos nos fizeram ver com outra ótica do que se pode superar, transcender limitações e claro limites!






18 de setembro de 2016

PARALIMPÍADAS RIO 2016 EM FAMÍLIA - OS DIAS DOS ATLETAS VÁLIDOS EXTRAORDINÁRIOS


Saiu Vinicius, entrou Tom, mascote das chamadas paralimpíadas ( ex paraolimpíadas ), que em 30/08/2012 eu já descrevi com admiração na época falando quanto a superação que os atlestas fazendo destarte seus problemas físicos ou cerebrais.

Li recente que não gostam de serem encarados assim, então aqui vou destacar seus empenhos extraordinários diante das dificuldades sendo atletas, não importa condição. 

Sei que aos poucos o carinho e atenção se voltaram a eles e neste dia se encerra essa odisséia atlética aqui no Rio de Janeiro, após sucesso das olimpiadas precedente.

Foi maravilhoso ver a despedida de Clodoaldo Silva da natação, levando a porta bandeira de entrada e ver que seu exemplo fez surgir um  fantástico recordista de medalhas nas piscinas o nadador Daniel Dias cuja mãos e braços são atrofiados por problema congênito, um fenômeno ele pois. 






O que dizer do tetra do futebol de 5, todos cegos, há quatro paralimpíadas invictos e seu craque Ricardinho agora vai ser o porta bandeira de encerramento...





Foram muitos que por aqui passaram e tiveram o carinho e admiração de todos, que souberam os dignificar dadas as condições que atuaram, alguns cegos, outros sem perna saltando obstáculos ou com próteses nos pés, paralisias cerebrais  vôlei sentado por problemas físicos de serem de pé, e por aí vai. 

Não são coitadinhos, volto os chamar como fiz em Londres como atletas válidos se adaptando a competição, com destreza, determinação e desenvoltura quando poderiam desistir da vida, seguiram resolutos em vendeores ganhando ou não medalhas. Se o acham deficientes e diferentes, eles se diferenciam...

Porém todos são campeões da vida pelo motivo de participarem com galhardia e gana: Em diferencial todos são medalhas de ouro paralímpicos!

FAMILIA IN PARALIMPÍADAS 2016

Eduardo meu filho, sobrinha Renata e amiga Kátlin assistiram basquete sobre cadeiras de rodas vejam só o grau de capacidade para tal... 



Na final de Basquete masculino sobre cadeira de rodas deu assim: 
Ouro EUA, Prata Espanha, Bronze Grã Bretanha  e em quarto Turquia, logo depois Brasil virou em cima da hora sobre a Australia e a Arena vibrou muito segundo Edu, cujo vídeo não deu para baixar aqui, assim como da premiação...

Antes, na segunda, tínhamos ido eu, filhão e sobrinha ver futebol de sete , no complexo olímpico de Deodoro com jogadores com problemas de paralisia cerebral, moderada claro ao que parece. tal desenvoltura deles! Vídeos adiante demonstram lances desse dia especial. 




Vídeos smartphone da virada da Argentina sobre os EUA no futebol de 7v

video

video


video


video

video

video

video

VIDEOS GRÃ BRETANHA X IRLANDA, EM GOLEADA DO TEAM BRITÂNICO

video


video


video


video


video

\NA FINAL ESSAS QUATROS EQUIPES FICARAM DE FORA: Na decisão, a Ucrânia derrotou o Irã por 2 a 1 e ficou com a medalha de ouro. Brasil ganhou bronze na vitória sobre a Holanda por 3 a 1.

Mana Denise e sobrinha Renata com a sobrinha neta Paolla foram ver Goalball, que consiste em arremesso de bola em direção de meta pra fazer o tal gol, são jogados por pessoas com deficiências visuais 

- pela medalha de bronze EUA x  Lituânia Final Feminina... China x Turquia - na Arena do Futuro Parque Olímpico da Barra da Tijuca...







Quadro de medalhas até 10º lugar